...logo tijolos ecologicos contrucao civil>

 
   

 

TIJOLO ECOLÓGICO - VANTAGENS- 20/01

  Por ser um produto pouco conhecido em Minas Gerais, é comum que exista receio por parte de alguns clientes com relação à alvenaria ecológica. Comparando com a alvenaria, focamos as seguintes vantagens:

* Tempo de obra reduzido em 30% - Evita gastos com massa de assentamento pelo sistema de encaixe dos tijolos.
* Economia de 50% em ferragens - Colunas são distribuídas pelas paredes.
* Estrutura com o dobro de segurança - É feito um "esqueleto" dentro das paredes distribuindo melhor o peso da casa.
* Fácil acabamento - Se preferir, não precisa rebocar e pintar, economizando mais ainda. Os tijolos ecológicos já possuem um belo acabamento, semelhante ao de tijolos aparentes, podendo apenas ser rejuntado e envernizado.
* Obra mais limpa e 
sem
 entulhos.
* Termo-acústica - casa com clima interno mais confortável em qualquer estação do ano, além da diminuição da entrada de ruídos externos. Os furos dos tijolos forma câmaras que impedem a passagem do som e de calor.

Quer investir em sustentabilidade na construção civil? Conheça a linha de produção da Engemáquinas!

www.engemaquinas.com.br

Comente:


 

   

PORQUE A ENGEMÁQUINAS? - 18/01

 

  Muito perguntam porque indicamos a Engemáquinas e seus equipamentos em grande parte de nossos artigos?

  Alguns mal educados, até nos perguntam se estamos "sendo pagos" pela propaganda. Entretanto, tal comportamento tem um nome: resposabilidade!

  Se há o que indicar ao pequeno empreendedor que busca produzir materiais sustentáveis (nosso alvo), indiquemos a maior produtora de prensas manuais, mesas vibratórias, máquinas para blocos, peneiras rotativas e fôrmas para concreto do Brasil. Por que não?

O diferencial da Engemáquinas para os demais fabricantes é a presença de profissionais da Engenharia Mecânica em seu processos produtivos, o que resulta em equipamentos mais robustos e com maior vida útil.

 

 

Comente:


 

   

TIJOLO ECOLÓGICO - CANTEIRO LIMPO, OBRA ORGANIZADA - 15/01

 

Importante: Em hipótese alguma, use tijolos canaleta para passagem horizontal de tubulação. A grande abertura no meio e a pequena "parede em U" dos tijolos canaleta, podem ceder, com o peso dos tijolos que ficarão sobre ele. Conforme visível na figura à esquerda, a tubulução deve ser passada entre um tijolo e outro mediante abertura horizontal nos dois tijolos, feita com maquita ou serra-copo.

Para tal, basta fazer um corte no tijolo (os espaços laterais e dos furos possibilitam de ser feito) na horizontal, no tamanho do tubo.

O corte nos tijolos vazados evita a quebra dos tijolos em função de pouco resistência (o que pode ocorrer, caso se use tijolos canaleta).

 

 

 

Comente:


 

   

NORMAS TÉCNICAS DO TIJOLO ECOLÓGICO - 12/01

  As normas técnicas da ABNT, que determinam características como forma, dimensões, resistência à compressão e à absorção de água de blocos e tijolos de solo-cimento, desconsideram a aplicação das peças em alvenarias estruturais. Apesar disso, há um consenso entre os profissionais da área sobre a possibilidade de execução de paredes estruturais feitas de blocos de solo-cimento. "Nesse caso, deve-se aumentar a resistência dos blocos por meio de uma adição maior de cimento à mistura", diz Fernando Teixeira. O engenheiro explica que, além disso, os buracos dos blocos devem ser armados e preenchidos de concreto, de acordo com as orientações de um calculista que, nesse caso, também poderá determinar o diâmetro dos furos de grauteamento.

  Uma alvenaria feita com blocos de solo-cimento, de acordo com a resistência à compressão determinada pela ABNT para as peças (2 MPa), suporta o peso de elementos como lajes moldadas ou pré-moldadas e coberturas convencionais, como a de telha cerâmica, por exemplo. O mesmo se aplica às paredes monolíticas. "Com relação aos blocos, devem ser tomados pequenos cuidados de segurança, como fazer amarrações, armar e preencher os furos dos blocos das extremidades com concreto", explica Teixeira.

  Segundo o engenheiro, uma alvenaria de solo-cimento, desde que associada a uma estrutura de concreto, pode atingir um número "indefinido" de pavimentos. "Sem isso, o máximo que ela consegue atingir são três pavimentos", explica.

  As construções requerem, sobre portas e janelas, a execução de vergas de bloco do tipo canaleta, que deverão ser preenchidas com concreto."Para isso, os furos das duas fiadas, imediatamente abaixo e acima, deverão ser obturados e grauteados", explica Casanova. A presença da viga conformada pelo bloco do tipo canaleta também é necessária, segundo Fernando Teixeira, entre a parede e a cobertura da construção. "Essa pequena viga armada permitirá uma melhor distribuição da carga do telhado sobre as paredes", afirma.

  Apesar de dispensarem argamassa de assentamento, sistemas que fazem uso de blocos modulares e encaixáveis requerem vedação de juntas por meio de aplicação de cola à base de PVC. "Blocos de solo-cimento são mais ecológicos do que tijolos cerâmicos ou de barro cozido por dispensarem a queima de madeira ou óleo combustível", explica Casanova.

  Segundo o engenheiro, para a fabricação de mil tijolos cerâmicos de 20 cm x 20 cm x 10 cm, é necessária a queima de cinco árvores de porte médio ou 120 kg de óleo combustível. "É uma mera questão de tempo para que o sistema construtivo se imponha naturalmente", finaliza.

Comente:


 

   

TIJOLO ECOLÓGICO - CANTEIRO LIMPO, OBRA ORGANIZADA - 13/12

  Hoje em dia, muito se fala sobre sustentabilidade, porém, pouco se faz. Uma evidência disso é a quantidade de sites e materiais gráficos abordando o tema e sua relevância na construção civil em contraponto com a quantidade de entulho gerado no setor. O desperdício de materiais na alveneria convencional é grande. 


  Abaixo, um pequeno comparativo sobre os materiais encontrados (e, em geral desperdiçados) em canteiros de obras em ambos os sistemas construtivos, convencional e modular:

Alvenaria Convencional

Sistema Construtivo Modular

* Caixotes espalhados
* Massa espalhada no chão
* Peças de madeira espalhadas
* Excesso de pregos
* Material para reboco
* Excesso de ferragens
* Excesso de areia
* Excesso de brita
* Gastos com frete para muito material
* Não necessita de caixotes
* Assentamento com argamassa/cola
* Quase zero em uso de madeiras
* Pouca necessidade de pregos
* Paredes com pouco ou sem reboco
* Poucas de ferragens
* Quase zero em uso de areia
* Quase zero em uso de brita
* Pouco material para alvenaria
Comente:


 

   

DESMENTINDO SUPOSTAS DESVANTAGENS - 11/12

  Circulam na internet algumas informações improcedentes sobre o tijolo modular ecológico. Visando conscientizar os consumidores de todo Brasil, relacionamos abaixo algumas afirmações e trataremos um pouco a respeito:

1 - "Tijolos ecológicos não tem resistência estrutural" - Por norma técnica, os tijolos devem ter, no mínimo, resistência de 2.0 mpa. Isso é o dobro da resistência do tijolo convencional.

2 - "Tijolos ecológicos esfarelam com o tempo" - Esta não é uma característica do tijolo ecológico, mas da matéria prima utilizada por alguns fabricantes. Se o solo utilizado for muito arenoso, a tendência é esfarelar com o tempo.

3 - "Tijolos ecológicos trincam se a parede ficar exposta ao Sol" - Esta também é uma característica de matéria prima e não do tijolo em si. Certos fabricantes utilizam solo muito argiloso que realmente trinca (é uma característica da argila). O ideal é que areia e argila tenham porcentagens equilibradas. A análise pode ser feita em laboratório.
 

Comente:


 

   
 

 

PISO SEXTAVADO - 05/12


 Já pensou em fazer pisos sextavados em larga escala, podendo produzí-los no local do assentamento?


  A Engemáquinas disponibiliza em sua linha de fôrmas, o modelo Colméia para produzir pisos sextavados. Com este, é possível produzir nove peças por vez e desenformá-la no próprio local de assentamento, tornando sua produção mais prática e rápida!

Confira em www.formasparaconcreto.ind.br/formas/sextavado/

Mais dicas em breve!
 

Comente:


 

   
 

 

MÁQUINA VIBRATÓRIA PARA BLOCOS - 02/12


  Já pensou em tornar sua produção de blocos mais rápida? Pis bem, diga adeus às formas manuais. A Engemáquinas lançou a máquina vibratória mais funcional e econômica do mercado! Seu valor de compra é mais de 40% menor do que de outras máquinas vibratórias e a mesma produz até 1.600 blocos por dia!


Confira www.maquinadeblocos.com.br

Mais dicas em breve!
 

Comente:


 

   

 

TIJOLO ECOLÓGICO - COMO CALCULAR O QUANTITATIVO - 29/11

Somatórios:

1) Tijolos vazados: Calcule a metragem total das paredes e multiplique por 64, depois multiplique pela metragem do pé direito.

2) Cantos: Divida a metragem do pé-direito por 0,65.

3) Meio-tijolo: Multiplique a quantidade de paredes (quantidade, não a metragem) pela metade da quantidade de cantos

4) Canaletas: Multiplique o a metregam total das paredes por quatro (são quatro canaletas por metro). Consulte o seu projetista para verificar quantas vergas e contra-vergas serão necessárias em sua estrutura.

Descontos

Portas e janelas: Multiplique: altura x largura x 64 e subtraia do total da obra. Acrescente 16 meios-tijolos para cada m² descontado e subtraia 8 tijolos vazados para cada m² descontado.


 

Comente:


 

   
MESAS VIBRATÓRIAS - 26/11

  Qual a importância de se ter uma mesa vibratória em sua linha de produção? Simples! Mesas vibratórias garantem artefatos de concreto maciços e da melhor qualidade. Basta colocar as formas com os artefatos sobre a mesa e deixar vibrar por aprox. 05 a 10 min (dependendo da peça e de sua espessura). A vibração da mesa fará com que as bolhas de ar "subam" de dentro do concreto informado, tornando o artefato 100% sólido após ser desenformado. Em alguns casos, a resistência do artefato pode dobrar!

  É importante que, para fôrmas vazadas, seja colocado algum objeto plano por baixo (uma chapa de madeira, por exemplo) para que o concreto não vaze e nem suje a mesa.

  Uma das melhores mesas vibratórias do mercado, considerando qualidade e preço é a da Engemáquinas.

  Consulte: www.mesavibratoria.com.br

 

Comente:


 

   

LINHA DE PRODUÇÃO - 20/11

O que preciso?
Muitas pessoas perguntam o que é necessário para montar uma linha de produção de tijolos ecológicos. Inicialmente, pode-se montar uma linha com uma prensa manual e um triturador de solos, além de equipamentos de manuseio de matéria prima (pás, enxadas, carrinhos de mão, etc). Uma linha completa demandas mais equipamentos, porém, para todo empreendedor que deseja iniciar um negócio, o custo destes equipamento é baixíssimo e os mesmos "se pagam ao ponto" de viabilizar a compra de mais maquinário. Equipamentos hidráulicos, para quem está começando são muito caros. Compensa muito iniciar uma produção com equipamentos manuais.

Uma linha de produção pode ser feita com três operadores, sendo que um irá realizar a prensagem, outro manuseará a terra (triturar o solo e alimentar a prensa) e outro empilhará os tijolos.

Qual o melhor equipamento?
Considerando os quesitos qualidade e vida útil, a melhor opção, em nossa opinião, são os equipamentos da Engemáquinas, pois são feitos em aço da melhor qualidade e, em suas prensas, possuem matrizes de ferro (diferente de outros fabricantes que a produzem em alumínio) que não estragam de modo algum, além de diminuir o custo com trocas.

Cada triturador de solos da Engemáquinas consegue alimentar até três prensas.

Confira www.engemaquinas.com.br

Mais dicas em breve!
 

Comente:


 

   

O QUE É O TIJOLO MODULAR ECOLÓGICO - 20/11

O que é?
Também conhecido como Tijolo Ecológico de Solo-cimento, é um produto inovador com sistema construtivo objetivo e organizado. É fabricado nos modelos Vazado Convencional, Canaleta e Meio.

Porque recebe o nome "ecológico"?
Tal denominação se dá em função de que, na sua produção, este produto não exige queima é, conseqüentemente, evita o lançamento de gases na atmosfera e o desmatamento. 

Quais as vantagens de se utilizar este produto?
A construção de casas com o tijolo ecológico oferece, em média, uma redução de custos de alvenaria de até 40%, se comparando à alvenaria convencional. Isto, porque o processo construtivo é mais rápido, gerando economia em mão-de-obra e o acabamento pode ser feito com o próprio tijolo, gerando economia em materiais. Além disto, o caráter termo-acústico dos tijolos oferece maior conforto e equilíbrio da temperatura interna da casa. Além de ser uma obra limpa, é também, mais rápida, mais bela, mais resistente e o custo total da obra pode ser reduzido entre 20% a 30%.

Comente:


 

   

 

Janeiro 2014

  • 20/01 - Vantagens do Tijolo Ecológico

  • 18/01 - Por que a Engemáquinas?

  • 15/01 - T. Ecológico - Tub. Horizontal

  • 12/01 - T. Ecológico - Normas Técnicas

Dezembro 2013

  • 13/12 - T.E. - C. limpo, obra organizada

  • 11/12 - T.E. - Desment. desvantagens

  • 05/12 - Piso sextavado

  • 02/12 - Máquina Vib. para Blocos

Novembro 2013

  • 29/11 - T.E. - Como calcular

  • 26/11 - Mesas Vibratórias

  • 23/11 - Linha de produção

  • 20/11 - O que é o tijolo ecológico

Copyright 2013 - www.tijolosecologicos.com.br